Simplificar sistema de checkout maximiza resultado de vendas online

No comércio digital, uma das maiores frustrações dos consumidores está nos checkouts que são, muitas vezes, longos e repletos de etapas desnecessárias. Esse processo burocrático além de prolongar a conclusão da compra, colabora para aumentar as taxas de abandono de carrinho.  

Um estudo feito pelo Hotjar, sistema que analisa o comportamento dos usuários na internet, aponta que aproximadamente 90% dos consumidores on-line abandonam seus carrinhos se as páginas demoram muito para carregar. O levantamento também aponta que uma melhoria de apenas um segundo na velocidade de carregamento pode aumentar as conversões em 5,7%.

Em resposta a esse problema, algumas empresas estão liderando mudanças significativas para simplificar e personalizar a experiência de checkout, removendo obstáculos e tornando o processo de compra mais rápido e eficiente.

De acordo com Renatto Moreira, CMO da Ticto, uma das plataformas de vendas on-line mais populares para negócios digitais no Brasil, reduzir etapas desnecessárias e adaptar a interface ao comportamento do consumidor não só acelera o processo de compra, mas também aumenta as taxas de conversão e reduzem o abandono de carrinhos. “Essa abordagem centrada no usuário demonstra o compromisso de tornar o e-commerce mais eficiente e agradável”, relata.

Espaços exclusivos para membros

O especialista aponta que criar um espaço para membros que ofereçam conteúdos exclusivos e promoções personalizadas, inspirando-se em modelos de sucesso como o da Netflix, é uma boa alternativa. “Esse modelo de assinatura ajuda a construir uma relação duradoura com os consumidores, aumentando a lealdade e o valor de vida do cliente (CLV), ao mesmo tempo que proporciona uma fonte de receita recorrente e previsível para a empresa”, revela.

Inovação e superação de barreiras

A adoção dessas inovações vem acompanhada de desafios técnicos significativos. Afinal, manter um sistema de checkout que seja ao mesmo tempo rápido, seguro e capaz de lidar com um grande volume de transações exige uma sofisticada infraestrutura tecnológica. “A personalização em grande escala requer o processamento e a análise de grandes volumes de dados para entender e prever as preferências do consumidor”, pontua.

O futuro do e-commerce

Soluções como essa não apenas beneficiam os consumidores, mas também estabelecem novos padrões para o setor. “Ao oferecer uma experiência de compra ágil, personalizada e sem fricções, é possível atender às necessidades atuais dos consumidores e antecipar tendências futuras do mercado”, finaliza Renatto.


Publicado

em

por

Etiquetas:

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *